Jun 22, 2013

O Quadrinho documental e a tradução da cidade

RESUMO: O artigo tem como objetivo a discussão de dois aspectos principais com base em histórias em quadrinhos nas quais o autor se retrata como personagem de seu próprio relato, o que tem sido chamado, genericamente, de quadrinho jornalístico. Inicialmente, a partir de uma distinção por gênero dos diferentes registros narrativos dessa ordem, propõe-se o conceito de quadrinho documental. Em seguida à separação entre as distintas possibilidades de autoreferencialidade nas histórias, evidenciando, muitas vezes, um caráter metalinguístico, buscar-se-á estabelecer critérios de relação entre o autor, não tanto como um jornalista, mas sim como um tradutor do espaço urbano e da realidade a qual vivenciou.

PALAVRAS-CHAVE: jornalismo, autorreferência, cinema documental, tradução,
quadrinho documental.


ABSTRACT: The paper aims at discussing two main aspects based on comics, in which the author pictures himself as a character of his own account. This has been generically called journalistic comics. Initially, the concept of documentary comics is put forward by examining the genre distinction of the different narrative registers. Following the distinction of the different possibilities of self referentiality in the stories, which evidences most times a metalinguistic character, one will seek to establish relationship criteria between the author, not as much as a journalist, but as a translator of the urban space and the reality he has experienced.

KEY-WORDS: journalism, auto-reference, documentary, translation, documentary comics.

Artigo publicado na revista Nona Arte: Revista brasileira de pesquisa em histórias em quadrinhos (ECA-USP, São Paulo), v. 2, n. 1, p. 45-57, primeiro semestre de 2013.

Link: http://www2.eca.usp.br/nonaarte/ojs/index.php/nonaarte/article/view/51/72

Comments